TST nega recurso de Scarpa e mantém bloqueio de R$ 200 mi

A briga judicial entre Gustavo Scarpa e Fluminense só cresce. O meia recorreu, mas o ministro Alexandre Agra Belmonte, do Tribunal Superior do Trabalho, manteve o arresto de R$ 200 milhões (o valor da multa rescisória do contrato com o Fluminense) sobre o jogador e o Palmeiras.

Na última sexta-feira, o Tricolor conseguiu o bloqueio do valor. A juíza Dalva Macedo, titular da 70ª Vara do Trabalho do Rio, entendeu que o objetivo era “garantir futura execução, valor este relativo à cláusula indenizatória pactuada”., , atesta o Terra

Agora, o magistrado entendeu, na noite da última terça-feira, que o caso deveria ser analisado pela segunda instância do Tribunal Regional do Trabalho, onde a ação já tramita.

O TST entende ainda que essa decisão que dá uma segurança ao Tricolor, caso este venha a ganhar a causa, não impede Scarpa de jogar pelo Palmeiras. O caso ainda não tem uma decisão definitiva.

08/08/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)