No Clima Bom, mutirão agenda mais de 500 cirurgias; próxima etapa será no Jacintinho

A III etapa do Mutirão de Triagens para Cirurgias, realizado no bairro Clima Bom, em Maceió, atendeu 1.422 pessoas e agendou 567 procedimentos. A ação, promovida pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), foi iniciada na quinta (16) e concluída no sábado (18), beneficiando pacientes da capital e do interior do Estado.

A iniciativa foi planejada pelos técnicos da Sesau como uma forma eficaz de diminuir as filas para cirurgias de hérnias do tipo umbilical, inguinal e epigástrica. O projeto também contempla a realização de cirurgias para retirada de mioma e de pedra na vesícula.

Uma das beneficiadas pela iniciativa foi Rosa Duarte, que aguardava por sua cirurgia há três anos. “A minha expectativa foi superada. Com todo esse atendimento no programa Mutirão de Cirurgias, percebi que o Governo de Alagoas demonstra que saúde é prioridade. A minha cirurgia está marcada para fevereiro. Tudo resolvido em apenas alguns minutos”, salientou.

Assim como nas edições passadas, durante a etapa do Clima Bom foi montada a “Cidade da Saúde” para a realização de exames de sangue, ultrassom e raios-x. “Os pacientes realizaram um ciclo completo de exames e já saíram com a cirurgia devidamente agendada. Esse modelo agiliza o processo e traz segurança e tranquilidade para a população”, explicou o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres.

Segundo a assessora técnica da Sesau, Geonice Peixoto, os números confirmam a confiança da população e atestam o esforço da gestão estadual em assegurar o acesso à saúde para todos os alagoanos. “Muitas pessoas atendidas pelo Mutirão de Triagem para Cirurgias estavam há anos esperando para realizar procedimentos importantes para o seu bem estar”, ressaltou.

Próxima etapa – A IV etapa do Programa Mutirão de Cirurgias será realizada no bairro Jacintinho, em Maceió, nos dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro. Para participar da ação, o usuário deve chegar ao local portando RG, CPF, comprovante de residência e Cartão SUS. “É fundamental que o paciente chegue ao local em jejum para a realização dos exames pré-operatórios”, lembrou Geonice Peixoto.

Ascom – 20/01/2020

(Visited 1 times, 1 visits today)