HGE padroniza horários e critérios para visitas a pacientes

O horário de visitas em hospitais é o mais esperado pelos internos e familiares. Mas, para que esse momento aconteça sem oferecer riscos à assistência, a unidade de saúde necessita normatizar, informar e organizar a realização desse acesso. No Hospital Geral do Estado (HGE), o período de visitas acontece, diariamente, a partir das 15h.

Antes da entrada dos visitantes, no entanto, psicólogos e assistentes sociais já estão abastecidos de informações introdutórias para prestar os devidos esclarecimentos. E se o caso pedir um cuidado especial, uma conversa reservada é proposta e a assistência passa a ser estendida ao familiar.

“O objetivo é que a visita seja um momento feliz, de sorrisos, de boas informações e de sentimentos que alegrem o doente, que está sem contato com o mundo exterior. Pedimos para que as pessoas evitem levar problemas, realizem unicamente diálogos motivacionais e sempre acreditem na recuperação do assistido, por mais grave que o caso seja”, salientou a psicóloga Cíntia Maria Silva.

Isso vale para todos os setores, de acesso restrito ou não, a exemplo da única unidade especializada em Acidente Vascular Cerebral (AVC) de Alagoas. Isso porque, segundo a assistente social Dayane Santos, o momento antes do contato com o paciente é importante para a coleta de dados e documentos.

“Pode ser um exame, um documento necessário à internação, uma orientação sobre os direitos do usuário, o conhecimento de ações desempenhadas antes da internação e até mesmo uma compartilhamento da situação. O contato do familiar com o enfermo precisa ser único, sem dúvidas, dentro de um limite já conhecido, onde reine o amor, a segurança e o desejo de viver”, reforçou a assistente social.

A marisqueira Maria de Fátima da Silva é uma das tantas pessoas que chegam aflitas todos os dias ao maior hospital público de Alagoas, mas é confortada e orientada antes da visita. Ela foi visitar sua amiga Ozana Avelino da Silva, de 57 anos, interna com AVC do tipo isquêmico (sem ruptura de artéria). Bastante aliviada, aproveitou os trinta minutos da visita para levar conforto à paciente.

“É pouco tempo para muita vontade de abraçar, de partilhar acontecimentos e demonstrar nosso desejo de progresso na recuperação. Então é muito bom chegar à visita já entendida de todos os esforços da equipe médica, sentir que quem nós gostamos está sendo bem atendida. Tudo fica mais leve, mais renovador”, acrescentou a visitante.

Critérios

Para ter acesso ao HGE no horário de visitas, o interessado deve vestir roupas compostas, calçado de preferência fechado e estar munido de um documento oficial com foto.

É permitida a entrega de produtos de higiene pessoal para o uso exclusivo do assistido, a exemplo de escova de dente, pente, sabonete líquido e desodorante.

É proibida a falta de respeito aos servidores, às necessidades dos outros doentes, a circulação em áreas do hospital fora do local da visita e todo e qualquer ato que não contribua com a recuperação do doente.

Ascom – 16/08/2017

(Visited 4 times, 1 visits today)